Em 1999 tive minha primeira experiência com o Software Livre. Comprei na banca de jornais uma revista que veio com um CD-ROM do Conectiva Linux Guarani 3.0.

O Conectiva Linux era um sistema operacional de kernel Linux, baseado no famoso Red Hat Linux americano.

Designed by Freepik
linux, software livre e open sourceMe lembro de ter levado quase uma semana pra fazer ele funcionar em meu PC (rsrs).

Mas a possibilidade de ter algo totalmente diferente do universo Windows, me chamava a atenção.

Me fazia lembrar da nostálgica época nos meados dos anos 80, quando eu alterava o nome os comandos internos do sistema operacional Apple DOS nos computadores Apple-II do curso onde trabalhava.

Claro que isso não era software livre… eu não tinha acesso ao código-fonte do Apple DOS.

Simplesmente, editava o executável a procura das “strings” que continham os comandos e os alterava.

Mas agora, eu tinha a real possibilidade de personalizar TOTALMENTE um sistema operacional.

Depois do Conectiva, instalei várias outras distribuições do Linux, como o Caldera, RedHat, Slackware, entre diversas outras.

Designed by Freepik

linux, software livre e open source

Já desenvolvia sites desde o ano de 1995. Mas tinha uma dificuldade: Os sites eram desenvolvidos no Windows, usando um software chamado FrontPage e posteriormente no Macromedia Dreamweaver (atual Adobe Dreamweaver).

O problema era que as atualizações eram “manuais”, ou seja, tudo o que fosse necessário atualizar nos sites, dependia de minha intervenção.

Eu tinha que atualizar página por página e depois, enviá-las ao servidor via FTP.

Eu passava madrugadas inteiras atualizando os sites de meus primeiros clientes (já que durante o dia, atuava como instrutor em cursos e escolas, além de atender também como técnico de suporte).

Foi aí que pesquisando na Internet, conheci os sistemas CMS…

linux, software livre e open source

Os CMS’s são softwares de gestão de conteúdo, que nos permitem ter um site dinâmico (onde qualquer pessoa, com seu login e senha, pode gerenciar um site).

Percebi que se eu passasse a responsabilidade da atualização dos sites para os meus próprios clientes, além disso criar um dinamismo nos sites, me liberaria desta responsabilidade, sobrando assim mais tempo para desenvolver novos projetos, deixando as “coisas simples” para serem feitas pelos próprios clientes.

Na época, encontrei os seguintes CMS’s: Mambo, Drupal, Xoops e PHP-Nuke (que era voltado para fóruns).

Dos 3 primeiros, me identifiquei mais com o Mambo, que me pareceu ter um front-end mais elegante.

Logo em seguida, a empresa que desenvolvia o Mambo começou a por algumas restrições no código-fonte e com isso, a comunidade de usuários pegou a versão anterior do Mambo e criou o Joomla!

Isso me chamou a atenção quanto ao “modelo” de desenvolvimento baseado no software de código aberto, pois foi a comunidade de usuários do software quem determinou o destino do mesmo.

Isso era algo que eu nunca havia visto!

Depois disso, desenvolvi cerca de 120 sites todos em Joomla!

Designed by Freepik
linux, software livre e open sourceAtualmente, utilizo diversos softwares livres e softwares open-sources (em outro artigo, vou falar sobre a diferença entre eles), principalmente no desenvolvimento de Hotsites e Sites Dinâmicos e responsivos baseados no CMS WordPress.

Também desenvolvo Lojas Virtuais (baseadas no WooCommerce/Wordpress) e outras soluções WEB baseadas na tecnologia LAMP (Linux + Apache + MySQL + PHP) usando como base o CMS WordPress.

Screenshot do meu notebook com Linux Mint e XFCE

Nas 3 máquinas de nosso home office (utilizo um notebook com um segundo monitor e um desktop, e minha esposa, um notebook), utilizamos diversos softwares livres, dos quais destaco:

  • Linux Mint (sistema operacional)
  • XFCE (interface gráfica)
  • LibreOffice (suíte de escritório)
  • Mozilla Firefox (navegador)
  • Tor Browser (navegador)
  • Epiphany (navegador)
  • Filezilla (cliente de FTP)
  • GIMP (editor de imagens – usamos para edição e tratamento de imagens “fotos”)
  • Inkscape (editoração eletrônica – usamos para criação de arte eletrônica)
  • Visual Studio Code (editor de código fonte)
  • Entre muitos outros…



Vagner Monfer

Consultor em TI e Empreendedor Digital. Há Mais de 10 Anos Vive Exclusivamente de Tecnologia Trabalhando a Partir de Casa, Atuando Nas Áreas de Desenvolvimento WEB, Suporte Técnico e Marketing Digital.

Baixe Já o Seu Ebook e Saiba Mais Sobre Como Viver de Tecnologia. É GRÁTIS!Download