Aprenda como precificar um serviço de TI

Certa vez, parei para analisar qual seria o motivo de estar perdendo alguns novos clientes de sites… Foi aí que percebi na prática, que não sabia como precificar um serviço de TI!

Depois de muito pensar e analisar fatos, percebi que o problema era o preço do serviço. Estava BARATO DEMAIS!

Designed by Freepik
como precificar um serviço de ti

Mas você pode até argumentar que o preço baixo chama clientela, certo? Sim, isto é fato. Mas existe um outro lado da moeda.

Quando um cliente paga muito abaixo do mercado por um produto ou serviço, isto não dá a esse cliente o “prazer da conquista”. Ele comprou por estar barato e como consequência, pode vir a não valorizar o bem adquirido.

No ano de 2007, fazia sites por R$ 399,00 e perdi muitos clientes. Passei pra R$ 699,00 e continuava perdendo.

Foi aí que recebi uma ligação de um “concorrente”, também desenvolvedor, me aconselhando a subir meus preços, já que eu estava cobrando menos da metade do preço médio.

Naquele momento, não concordei!

Estamos em um país capitalista e posso cobrar o quanto eu quiser pelos meus serviços!!!“, retruquei…

Mas… algum tempo depois, vi que eu realmente estava errado.

Hoje cobro de 5 a 7 vezes do valor que cobrava antes para o desenvolvimento de um site! Atualmente em média, cobro o valor de 3 salários mínimos para o desenvolvimento de um site responsivo baseado em WordPress.

Mas consigo a quantidade de clientes que antes? Lógico que não! Mas os clientes agora permanecem com seus sites no ar, e como existem dois serviços em si, o desenvolvimento e a hospedagem gerenciada do site, enquanto permanece ativo, este novo cliente gera renda recorrente.

 

Qualidade tem seu preço!

Veja marcas como o sabão em pó Omo, a margarina Qualy, o açúcar União e os chocolates Ferrero Rocher. Produtos que são os mais caros de suas categorias e mesmo assim, vendem. Porquê? Simples, pela QUALIDADE!

Designed by Freepik
como precificar um serviço de ti
Preze pela qualidade de seus serviços e não tenha medo de oferecer um preço justo, desde é claro, que esteja dentro de uma média de mercado.

Na dúvida, faça uma pesquisa para saber o quanto em média é cobrado e se mantenha na média. Nem muito acima mas nem muito abaixo.

Mas se você de dedicar ao seu produto ou serviço e torná-lo diferente de tudo, se você conseguir de tornar um “especialista” no assunto, você poderá até cobrar um pouco acima da média.

Faça um teste e depois me diga! 😉

Nos vemos em um próximo artigo!

Sucesso!!!

como precificar um serviço de ti


Vagner Monfer

Consultor em TI e Empreendedor Digital. Há Mais de 10 Anos Vive Exclusivamente de Tecnologia Trabalhando a Partir de Casa, Atuando Nas Áreas de Desenvolvimento WEB, Suporte Técnico e Marketing Digital.

Baixe Já o Seu Ebook e Saiba Mais Sobre Como Viver de Tecnologia. É GRÁTIS!Download