Até onde a sua roupa pode influenciar no seu Marketing Pessoal e colaborar em seu crescimento profissional?

Há alguns anos atrás, me lembro de ter assistido na TV o comercial de um refrigerante que dizia: “Imagem não é nada! Cede é tudo! Obedeça sua cede, beba xyz…”.

Pode ser que pro refrigerante isto servia. Mas pro seu sucesso como empreendedor, não!

Designed by Freepik

marketing pessoal

Certa vez, foi feita uma pesquisa sobre a “importância” da roupa na credibilidade.

Um homem jovem vestindo jeans, camiseta e tênis, abordou a 50 pessoas na rua com o seguinte discurso: “… fui assaltado e não tenho sequer o dinheiro pra voltar pra casa. Você poderia me ajudar com o dinheiro da minha volta pra casa?

Menos de 10% das pessoas acreditaram no jovem e lhe deram o dinheiro.

Agora o jovem vem em um segundo momento, vestindo um terno e sapato importados e novamente aborda outras 50 pessoas com o mesmo discurso.

Resultado, mais de 30% deram o dinheiro, e deste percentual, 3 pessoas até compraram um jornal e deram pro rapaz, pra ele se acalmar na viagem.

 

Os cuidados básicos no Marketing Pessoal

Designed by Freepik
marketing pessoal

Nota-se que não só sua roupa, mas também os cuidados no asseio pessoal, barba, unhas e cabelo pra homens e unhas, cabelo e maquilagem pras mulheres, fazem toda a diferença.

Isto faz parte do que chamamos de MARKETING PESSOAL.

Uso por exemplo, um mesmo perfume há anos. Um perfume amadeirado e discreto, mas que virou minha marca.

Teve um dia que até achei engraçado (risos)…

Cheguei em um cliente para fazer manutenção de rotina (SUPORTE PREVENTIVO) e uma das funcionárias falou…

Sabia que você já tinha chegado!“. Então perguntei… “como sabia?“. E ela respondeu… “… senti seu cheiro no ar!” (risos)

Antes visitava os clientes de terno. Hoje me tornei menos exigente mas, não abro mão de usar uma camisa social, jeans e sapatos sociais, sempre muito bem engraxados. 😉

Cabelo cortado e unhas sempre bem aparadas. Barba sempre feita horas antes de ir aos clientes.

Você pode estar achando tudo isso um exagero, mas… Se tem dúvidas, faça você mesmo o teste.

 

Um teste prático…

Enquanto supervisionava uma equipe de suporte em uma grande empresa de varejo no Rio de Janeiro e antes da empresa nos exigir o uso de um uniforme, solicitei aos técnicos que passassem a vir trabalhar de roupa social.

No início foi aquela reclamação geral por parte deles, mas… alguns dias depois, foram eles que me relataram que estavam sendo tratados de forma mais “respeitosa” por parte dos usuários.

Designed by Freepik
marketing pessoal

Portanto se deseja adquirir mais respeito e admiração por parte de seus clientes, invista em seu marketing pessoal e a roupa é sem dúvida, um dos quesitos mais importantes.

 

marketing pessoal


Vagner Monfer

Consultor em TI e Empreendedor Digital. Há Mais de 10 Anos Vive Exclusivamente de Tecnologia Trabalhando a Partir de Casa, Atuando Nas Áreas de Desenvolvimento WEB, Suporte Técnico e Marketing Digital.

Baixe Já o Seu Ebook e Saiba Mais Sobre Como Viver de Tecnologia. É GRÁTIS!Download