Você sabe o que é Renda Recorrente? Se você pretende montar um negócio próprio, a renda recorrente pode ser um dos “pilares” financeiros que lhe permitirá ter ganhos frequentes. Saiba mais neste artigo!

Você já conhece meu canal no Youtube? 👉 https://viverdetecnologia.com/youtube

 

Você já ouviu falar sobre renda recorrente?

Ter uma renda mensal que cresce mês após mês é algo que todo mundo deseja. É o que chamamos de RENDA RECORRENTE ou RENDA PASSIVA. Veja mais neste artigo!

Designed by Freepik
renda recorrente

 

Minha vida de empreendedor

Sempre tive o desejo de montar o meu próprio negócio. Tentei montar um estúdio de gravação. Ah, também sou músico nas horas vagas (risos).

Anos atrás, comprei alguns computadores usados de uma escola pra ver se conseguia montar um curso de informática.

Mas sem nenhum planejamento, tive que abandonar esta ideia.

Tentei alugar esses mesmos computadores, mas só consegui vendê-los para pelo menos, recuperar o dinheiro investido.

Designed by Freepik
renda recorrente

 

Comecei a desenvolver sites

Em 1995 comecei a desenvolver sites.

Porém havia um problema. Era complicado para mantê-los atualizados, já que naquela época, os sites eram desenvolvidos puramente a partir da linguagem HTML, gerando assim a necessidade de atualização manual, página por página.

Cheguei a ter uma dezena de sites no ar naquele tempo. Ah… também atendia a algumas empresas na área de suporte, trabalhando nas horas vagas.

Mas eu era extremamente desorganizado e ainda não tinha uma visão empreendedora.

Por exemplo… eu não trabalhava com metas. Não pesquisava mais por um perfil de clientes. Simplesmente fazia como a maioria faz. “Ativava para todos os lados” e volta e meia, conseguia um novo cliente.

Porém em 2006, depois de ter sido demitido da empresa em que trabalhava como supervisor de suporte técnico, tive que virar.

Ah… se você quiser conhecer a minha história na íntegra, clique aqui!

 

Metas! O início do sucesso

Ao tentar conseguir um novo emprego, por não ter concluído minha faculdade de Análise de Sistemas (só cheguei ao fim do primeiro ano), as poucas oportunidades que surgiram me ofereciam salários muito baixos e que não atenderiam às minhas necessidades.

Então, eu tinha que correr atrás…

Coloquei minha melhor roupa, montei uma pasta com as impressões (screenshots) das telas iniciais dos sites que eu havia desenvolvido e parti pra luta.

Às vezes chegava a visitar 30 empresas por dia.

Lembro-me de um dia em que sai de casa com apenas R$ 1,00 no bolso. Com R$ 0,50 eu comprei um pacote de biscoitos e com o restante, um copo de guaraná natural e aquele foi o meu almoço.

Foram realmente tempos difíceis…

Mas aos poucos, fui conquistando clientes.

Oferecia basicamente três serviços: DESENVOLVIMENTO DE SITES, SUPORTE TÉCNICO e TREINAMENTOS. Percebi que era nas empresas que estava o DINHEIRO e parei de atender a pessoas físicas e passei a focar somente nas jurídicas (empresas).

Como resultado, passei a dedicar parte do meu tempo a estudar mais sobre EMPREENDEDORISMO, VENDAS, GESTÃO, MARKETING PESSOAL e DIGITAL, PNL, LIDERANÇA, ORATÓRIA, entre outros temas e fui aos poucos, aplicando essas teorias em meu negócio.

 

Leia livros! E cresça!!!

Uma excelente dica pra seu crescimento é a leitura de livros, principalmente os em formato digital. Você pode ler centenas de livros a partir de seu próprio smartphone!

E o melhor, comprando livros digitais, você ainda economiza! 😉

Uma das maiores fontes de excelentes livros digitais que recomendo é a Amazon.

Designed by Freepik
renda recorrente

Passei a me organizar e me ver como um empresário (mesmo sem na época, ter um CNPJ). Criei uma rotina diária, com horário para acordar e para trabalhar.

Elaborei modelos de contratos e com menos de um ano, já estava ganhando o suficiente para me manter e manter minha família, trabalhando exclusivamente com a prestação de diversos serviços de Tecnologia e oferecendo meus serviços sempre com contratos de prestação de serviços na área de TI.

Foi neste momento que minha “veia” de empreendedor se destacou e consequentemente, a “ficha caiu”!

 

Como a renda recorrente surgiu em minha vida profissional

Percebi que eu poderia sim, a partir destes contratos, AUMENTAR MINHA RENDA de forma gradativa e passar a ter uma RENDA RECORRENTE!

Quem trabalha com produtos, precisa vender sempre, senão… a coisa complica.

Mas percebi que com a oferta de serviços, a coisa podia ser bem diferente.

Passei a conquistar clientes de sites que já tinham um site mas estavam insatisfeitos, pois o desenvolvedor que havia desenvolvido a primeira versão do site, o fez e depois, sumiu, deixando aquele cliente a ver navios.

Percebi que estes clientes tinham uma demanda de atenção às suas necessidades e que isto geraria um GANHO MENSAL PERMANENTE em troca.

Os desenvolvedores da época cobravam exclusivamente pelo desenvolvimento.

Depois, contratavam um plano de hospedagem e passavam a responsabilidade do pagamento da hospedagem para o cliente e desta forma, entendiam que seu trabalho havia terminado ali.

Pesquisei e descobri que eu poderia ter um plano de hospedagem de revenda.

Mas eu não queria sair por aí tentando revender planos de hospedagens.

O que eu queria era ter a minha disposição uma infraestrutura onde eu alocaria os sites dos meus clientes e ofereceria a partir dali, inúmeros serviços.

Chamei este serviço (e chamo até hoje) de Hospedagem Gerenciada.

O serviço abrange além da hospedagem do site em si, a gestão das contas de e-mail, criação de listas de e-mail e respostas automáticas, além do suporte ao sistema e ao uso de softwares clientes de e-mail, entre outras facilidades.

Meus clientes agora não precisavam mais se preocupar com questões técnicas e o suporte a toda infraestrutura de seu site.

Isso tudo ficaria sob minha responsabilidade e como resultado, geraria assim uma RENDA RECORRENTE.

 

A importância do Foco

A partir daí foquei em oferecer EXCLUSIVAMENTE, serviços que atendessem sempre a 3 critérios:

  1. Em primeiro lugar, que fossem serviços relacionados Tecnologia;
  2. Em segundo, que utilizassem a Internet como meio de entrega deste serviço; e
  3. Além disso, que me gerassem uma RENDA RECORRENTE mensal.

Do ano de 2006 até os dias atuais, já tive clientes que permaneceram ativos por mais de 10 anos!!!

É a velha história…

…de grão em grão, a galinha enche o papo!” 😉

Portanto, não tenha o foco no dinheiro que você poderá ganhar na prestação de algum serviço. Este dinheiro é sempre bem-vindo, é claro!

Mas foque em prestar serviços que lhe permitam obter uma renda mensal que gradativamente irá aumentar, lhe trazendo estabilidade financeira, resultando também em ter MAIS TEMPO para novos empreendimentos e MAIS QUALIDADE DE VIDA!

Ah! Mais recentemente, li no livro “Pai Rico, Pai Pobre” de Robert Kiyosaki sobre “RENDA PASSIVA“.

Foi aí que eu descobri que a RENDA RECORRENTE que eu havia “descoberto” sozinho era algo que muitos homens bem sucedidos já haviam descoberto há décadas, mas que comumente chamavam de RENDA PASSIVA! 😉

 

Nos vemos em um próximo post!

Grande abraço, sucesso e que Deus te abençoe!


Vagner Monfer

Empreendedor Digital. Há Mais De 10 Anos Trabalha Online Atuando Nas Áreas de Desenvolvimento WEB, Suporte Remoto, Treinamentos E Marketing Digital. E Agora Quer Ensinar Você A Trabalhar Em Casa E A Ganhar Dinheiro Pela Internet!